18 agosto 2019

Bitcoin e Ripple podem atingir nova alta história em 2019, diz agência de risco

Bitcoin pode bater novo recorde de preço neste ano (Foto: Shutterstock)

A agência internacional de classificação de risco Weiss Cryptocurrency Ratings publicou na última quinta-feira (03) sua previsão para o mercado de criptomoedas e apontou o Bitcoin e a Ripple como os projetos que terão mais sucesso em 2019. A empresa também classificou o ano de 2018 como um “desastre” e o de 2017 como “o grande ano”.

De acordo com as previsões, 2019 será o ano de maior adoção ao bitcoin como reserva de valor, estabelecendo firmemente o status de ‘ouro digital’, um conceito atribuído à criptomoeda por muitos da comunidade.

Essa previsão vem do ciclo natural da criptomoeda ao longo do tempo, quando encerrava-se uma fase de queda seguida pela ATH (sigla em inglês para ‘alta histórica’).

Em dezembro do ano passado, a agência de risco já havia recomendado aquele período vivido pelo bitcoin como o melhor momento para comprar a criptomoeda.

Em um tuíte, a Weiss disse que o Bitcoin estaria chegando a níveis de preço muito baixos e que era uma das melhores oportunidades de compra do ano, afirmando:

“Como reserva de valor, o Bitcoin veio para ficar.”

Ao identificar seu progresso, a agência disse que a Ripple tem o potencial de competir com a SWIFT, instituição líder no mercado que cria e padroniza canais de comunicação entre centenas de bancos para realização de transações financeiras internacionais.

[A agência reforça a tese de que a Ripple não vê o Bitcoin como concorrente, segundo palavras de Cory Johnson, estrategista-chefe de mercado da empresa, em novembro do ano passado]

A Ripple passou a maior parte do ano de 2018 fechando parcerias e ampliando sua rede de aplicativos relacionados ao setor bancário, onde está o foco do seu projeto.

Para a Weiss, há até uma possibilidade do XRP chegar ao topo em termos de valor de mercado por um breve período de tempo. O que poderia ocasionar isso, segundo a agência, seria um aumento considerável do uso do criptoativo como um token de utilidade.

Lembrando que, não por isso, mas por outros fatores, o XRP tomou o lugar do ETH por um tempo em meados de novembro de 2018. A última vez que o XRP havia superado o ETH foi em 21 de setembro do mesmo ano, porém durou menos de um dia.

Criptomoedas ‘semelhantes’ ao bitcoin, como Bitcoin Cash e Litecoin, a agência diz que estão destinadas a falhar devido à ausência de inovações.


Sobre o Autor

Posts relacionados

Deixar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *