25 junho 2019

“Todo mundo deveria ter pelo menos 1% aplicado em criptomoedas”, diz professor de Finanças

SÃO PAULO – Muito se fala sobre os grandes riscos de se investir em criptomoedas, um mercado bastante volátil e com grandes potenciais tanto de ganhos, mas também de perdas. Especialistas costumam indicar que não mais que 5% da carteira de uma pessoa seja em moedas virtuais como o Bitcoin, mas há quem defenda que todos deveriam investir neste mercado.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Esta é a visão de Gustavo Cunha, professor de Finanças, sócio da Finlab Planejamento Financeiro, especialista em criptomoedas e apresentador do programa “F5” no InfoMoneyTV. Ele será o convidado do programa “Mundo Bitcoin” desta terça-feira (27), onde explicará porque acredita que “todo mundo deveria ter hoje pelo menos 1% do portfólio aplicado em criptomoedas”.

Além disso, Cunha irá comentar sua visão sobre o potencial disruptivo tanto do blockchain quanto das próprias criptomoedas, além dos limites e dificuldades para a doação em massa de ativos como o bitcoin. Apesar de ser entusiasta das moedas digitais, ele também vê muitos riscos neste mercado e irá comentar sobre como as pessoas terão de se acostumar com isto neste ambiente de tecnologia descentralizada.

O programa “Mundo Bitcoin” vai ao ar toda terça-feira ao vivo, às 14h15 (horário de Brasília) na InfoMoneyTV e no Facebook. Os leitores e espectadores podem enviar perguntas pela rede social durante a transmissão.

Leia também:

Sobre o Autor

Posts relacionados

Deixar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *